Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

O QUE É O POD?

Programa de Oportunidades e Direitos

Jovens e educadores do Centro da Juventude Alvorada
Centro da Juventude Alvorada - Foto: Divulgação POD

O QUE É O POD?

O Programa de Oportunidades e Direitos, POD, é uma parceria do governo do RS, através da Secretaria de Justiça, Cidadania e Direitos Humanos, SJCDH, e o Banco Interamericano de Desenvolvimento, BID, tem como foco a prevenção ao atender jovens de 15 a 24 anos que vivem em áreas de grande vulnerabilidade e altos índices de criminalidade. Além disto, estimula a qualificação de uma polícia comunitária e cidadã, e atua junto à socioeducação, com apoio aos jovens que cumprem medida socioeducativa.

Iniciou no final de 2014, e sua execução se dá a partir de quatro eixos: prevenção, segurança cidadã e efetividade policial, qualificação do sistema sócio-educativo e fortalecimento institucional.

QUAL É O OBJETIVO DO PROGRAMA?

O POD tem como objetivo essencial gerar novas oportunidades e conhecimento para a juventude dos territórios em que atua. Como resultado esperado está a diminuição dos índices de criminalidade e morte entre os jovens.

Jovens atendidos pelo POD jogando futebol no Centro da Juventude Lomba do Pinheiro
Centro da Juventude Lomba do Pinheiro - Foto: Divulgação POD

COMO É A ATUAÇÃO DO POD?

Com investimentos em educação, esporte, cultura, empreendedorismo, segurança pública e atendimento socioeducativo, o POD atua como uma política pública pioneira e completa para criar oportunidades aos jovens e melhorar a qualidade de vida das comunidades. No eixo prevenção, são seis Centros da Juventude, CJs, que foram implementados nos territórios que concentravam os maiores índices de mortalidade juvenil no Estado do RS segundo índices de 2011/12.

São quatro em Porto Alegre, um em Viamão e um em Alvorada. A meta dos CJs é atender anualmente 3.600 jovens entre 15 e 24 anos, oferecendo qualificação profissional e atividades de lazer. Os CJs são geridos em conjunto com parceiros da sociedade civil com o apoio da rede de assistência social, saúde e educação.

Nas comunidades atendidas, a implantação do policiamento comunitário promove a aproximação dos policiais com os moradores, dando mais segurança aos espaços de convivência.

Com um atendimento moderno e qualificado, o programa também promove a reintegração social para os jovens que cumprem medida socioeducativa. Com uma nova oportunidade, esses jovens criam seu próprio caminho de superação e um novo futuro para suas vidas e de seus familiares.

O POD, em resumo, trabalha para trazer mais cidadania aos nossos jovens, garantindo seus direitos, promovendo o seu desenvolvimento e criando oportunidades para que tenham mais dignidade e estabilidade.

Com uma juventude mais sadia e livre dos riscos da criminalidade, os laços sociais das comunidades são fortalecidos, o que gera mais segurança e maior desenvolvimento socioeconômico para o nosso Estado.

POD