Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Consultor do POD é um dos curadores de exposição no Museu Antropológico

Publicação:

WhatsApp Image 2021 12 02 at 15 54 33
Rafa Rafuagi é um dos curadores da exposição que vai até maio no Mars

O consultor do POD Rafa Rafuagi lançou a música "Oliveira Oliveira sou eu e você", que já pode ser conferida neste link. Trata-se da música-tema da "Exposição Palmares não é só um, são milhares" em homenagem a Oliveira Silveira e o Cinquentenário do 20 de novembro, dia da Consciência Negra. A exposição está no Museu Antropológico do Rio Grande do Sul (mais detalhes abaixo) aberta gratuitamente, até 30 de maio de 2022. Em breve os Centros da Juventude irão organizar passeios para conhecer a exposição que tem como um dos curadores o próprio Rafuagi. "É a possibilidade de se levar a história negra para dentro do museu antropológico é um movimento de conquista e de inspiração a outros espaços. É um prato cheio para os CJs poderem visitar e conhecer mais sobre a história das periferias gaúchas e do movimento negro do RS"

Partindo da instituição do 20 de Novembro como data da Consciência Negra, a exposição contextualiza o engajamento dos movimentos negros nacionais no panorama regional como os debates travados por décadas no período pós-abolição, a criação da imprensa negra e os primeiros coletivos e lideranças que influenciaram o campo reflexivo em que o Grupo Palmares atuou nos anos 1970. Visando as aspirações compartilhadas do coletivo de Porto Alegre com grupos ativistas de todo o país e a produção crítica no campo da memória, a mostra apresenta a proposição da data de Zumbi dos Palmares em seu contexto de luta e afirmação da consciência e do protagonismo negro.

A exposição se dedica, também, às ações de resistência de diversas organizações, como os Clubes Sociais Negros e as Comunidades Quilombolas, além de propor outro olhar para os acontecimentos que marcam as trajetórias negras no Estado, na perspectiva de suas relações com o tradicionalismo gaúcho. Finalmente, convida o público a conhecer as novas gerações e suas proposições afrofuturistas nas formas de lidar com as memórias negras e suas propostas para o futuro.

Permeando os sete grandes módulos em que a exposição é dividida, há o poeta, professor e pesquisador gaúcho Oliveira Silveira (1941-2009), figura com destacada liderança e atuação no Grupo Palmares.

A curadoria é de agentes e pesquisadores negras e negros, de notório saber e reconhecido trabalho nas temáticas afins. A concepção expográfica ficou a cargo de Rodrigo Shalako.

Mostra: Palmares não é um só, são milhares: 50 anos do 20 de Novembro
Quando: até 30 de maio de 2022
Onde: Memorial do Rio Grande do Sul, rua Sete de Setembro, 1.020 (na praça da Alfândega), Porto Alegre
Visitação: de terça a domingo, das 10h às 18h
Agendamento de grupos: (51) 3224-7159

POD