Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Aulão Inaugural dá início a atividades de 2020 no CJ Viamão

Publicação:

Catarina Paladini prestigiando o Aulão Inaugural do CJ Viamão
Catarina Paladini prestigiando o Aulão Inaugural do CJ Viamão - Foto: Ascom

O ano de 2020 começou oficialmente para os alunos do Centro da Juventude de Viamão. Com a presença de mais de 200 jovens, o aulão inaugural, que aconteceu no dia 13 de fevereiro e contou com diversas apresentações artísticas e trocas de experiências.

O evento marcou a retomada dos cursos e workshops que o CJ disponibiliza ao longo do ano. Todas as atividades visam o crescimento pessoal e profissional dos jovens, garantindo um futuro digno para todos.

"Este ano será intenso e especial para o POD. Além de cursos novos e uma série de atividades semanais, teremos cinco novos prédios e um CJ reformado, o de Viamão. O POD consolida-se como a principal ferramenta de inclusão social de jovens no Rio Grande do Sul", afirma o secretário de Justiça, Cidadania e Direitos Humanos, Catarina Paladini.

Jovens no Aulão Inaugural do CJ Viamão. - Foto: Comunicação / SJCDH
Jovens no Aulão Inaugural do CJ Viamão. - Foto: Comunicação / SJCDH - Foto: Maurício Tonetto

Um dos alunos presente no evento conta como o programa salvou sua vida. "Eu tava me envolvendo com certas pessoas que não estavam me levando para onde eu queria, me desviando do caminho que eu gostava", relatou Jonatan Moura, de 17 anos.

Além da sede em Viamão, o Programa de Oportunidades e Direitos (POD) conta com mais cinco unidades: Cruzeiro, Lomba do Pinheiro, Restinga, Rubem Berta e Alvorada. Em 2020, todos os CJs receberão prédios novos e equipados para continuar atendendo e melhorando a vida de diversos jovens do Rio Grande do Sul.

Todas as unidades dos Centros da Juventude fazem parte do POD, criado pela Secretaria de Justiça, Cidadania e Direitos Humanos, e que busca trazer mais cidadania aos jovens, garantindo seus direitos, promovendo o seu desenvolvimento e criando oportunidades para que tenham mais estabilidade no futuro.

Já para Thomas Oliveira, aluno desde o início do CJ, o programa foi essencial para sua especialização profissional. "Hoje em dia, sou formado em barberia, administração e curso de informática, tanto que já tive oportunidade de trabalhar em mais de uma barbearia graças ao curso", comentou Thomas.

Sob administração da Agência Besouro, o CJ inicia uma nova fase, voltada para o empreendedorismo e a inserção dos jovens no mercado de trabalho na era digital e, em 2020, ele estará ainda melhor para os jovens, já que a escola Ana Jobim passa por reforma para ficar mais inclusiva e acessível para todos.

POD